Dicas

Como poupar no casamento

Como sabem realizar um casamento pode sair-nos bem caro. Com tantos pormenores e coisinhas bonitas que gostam de ver, os gastos começam a acumular e tornar-se uma bela ‘bola de neve’. Mas calma, nada que desanimar! Foi a pensar nisso que reuni estas pequenas dicas para ajudar a organizar como despesas e como poderem economizar da melhor forma.

Primeira dica:
Façam um plano com o que pretendem gastar na cerimónia e com tudo aquilo que acham importante para o mesmo, desde o valor para o padre, o valor para o copo de água, fotógrafo, florista, cabeleireiro e muito mais. Mas atenção, separem as quantias por cada profissional um contratar ou já contratado e assim mesmo um controle maior nas vossas.

Segunda dica:  há épocas do ano que se consideram como épocas baixas para casamentos. Estes são os períodos de outono/inverno. Se optarem por estas épocas, certamente irão, obtenha valor mais baixos do que na época alta do verão.

Terceira dica:  O dia de casamento escolhido, bastante valor a ser cobrado não local de copo de água. Sim, é verdade. Durante uma semana, os preços são bem mais baixos, enquanto que o tempo é, sem dúvida, o dia mais caro dos 7 dias da semana, sendo o primeiro dia de fim-de-semana em que se consegue agrupar mais pessoas e normalmente uma festa dura até mais tarde porque não diariamente a seguir quase ninguém tem ‘de picar o ponto’.

Quarta dica:  Nenhum copo de água em várias vezes, servem marisco em duas partes da festa, esta segunda vez já vai sair mais cara. E porquê? Porque já é tida como um extra do menu e terá de pagar mais um x por cada pessoa. Por isso, encontre-se para jogar bem como coisas o que é necessário para uma peça essencial da festa, já irão poupar uns belos trocos.

Quinta dica:  Esta todos devem saber. Uma ótima maneira de economizar e como mãos na massa. Existem muitas coisinhas e bastante criativas que como noivas, principalmente, adoravam ver no seu casamento, como lembranças, menus, ou até mesmo os mesmos convites que podem ser usados. Não é necessário fazer nada muito elaborado, já diz o que está sendo chamado de “menos e mais” e muitas vezes uma força de vontade dos noivos consegue brilharetes. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *