Flores do casamento: 5 dicas para poupar
Dicas

Flores do casamento: 5 dicas para poupar

Alguns dos detalhes mais bonitos da decoração do casamento são também os mais caros e nós, noivas, temos muito esta mania de inclinar logo para o mais dispendioso. Há flores que nem sabemos que existem (falo por mim) e muito menos imaginamos o quanto isso pode fazer diferença no orçamento para o casamento. Mas calma, reservei algumas dicas que te poderão ajudar a poupar nas flores do casamento.

Seja flexível na escolha das flores

Antes de qualquer decisão arrebatadora, tenta  não te decidires apenas numa flor específica. Muitas noivas adoram as flores de cerejeira ou até as afamadas peonias e muitas vezes não existem na época do ano em que vais dar o nó. Como tal ficam ainda mais caras, visto que terão de vir de fora.

Mas em alternativa, tens as rosas que tantas pessoas até têm no próprio jardim de casa e também têm as pétalas semelhantes às peonias. Por isso, a sugestão é encontrares uma alternativa à flor que inicialmente idealizavas mas que afinal fica demasiado caro para apenas um dia.

 

Posicionamento estratégico

Primeiro de tudo tenta pensar onde realmente será necessário ter arranjos. Concentra-te sobretudo na decoração do espaço onde será o copo d’água, visto que será o local onde irão passar maior parte do dia.

Na igreja, se for o caso, basta um pequeno detalhe ou outro, porque ninguém vai estar a ver se tem muitas ou poucas flores e, além do mais, só serão vistas pelos teus convidados durante uma hora, no máximo.

Por isso, não desperdices o orçamento que tens e foca-te apenas no ramo de noiva e na decoração do espaço de copo d’água.

Considera alugar

Se o copo d’água for num espaço com uma sala bem grande, que tal optares por alugar plantas ou árvores? Sim, porque se a ideia é ser num espaço diferente sem ser uma típica quinta de casamentos, certamente ficará mais em conta alugar do que comprar.

 

Verdura

Hoje em dia ainda existe muitos casais que preferem ter mesas compridas para os seus convidados, que lembra um pouco o jeito antigo que pais e avós tinham na época deles, por isso à que pensar bem na decoração para as mesmas.

Uma das alternativas mais em conta é optar por folhagens verdes. Assim, consegues criar um centro de mesa igualmente bonito e minimalista ao mesmo tempo. Mas claro, antes de te aventurares a por apenas umas folhas verdes, vê bem que tipo de flores gostas e depois requinta com as verduras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *