Tradições do casamento – 5 significados surpreendentes
Sem categoria

Tradições do casamento – 5 significados surpreendentes

Cada vez mais as noivas tendem a fugir às tradições do casamento, no entanto, em Portugal ainda são muitas as que adoram alguns simbolismos que este dia tão importante tem. Foi a pensar nas tradições que habitualmente vivencíamos em todos os casamentos que assistimos que resolvi trazer-vos este artigo. Vem daí saber alguns desses significados que, provavelmente, ainda nem paras-te para pensar neles.

O VESTIDO DE NOIVA

Diz a tradição que o vestido de noiva deve ser branco e diz a tradição também que o noivo não deve ver o vestido da noiva antes do casamento. O primeiro, o vestido branco, já é uma tradição um pouco ultrapassada nos dias de hoje. Cada vez mais as noivas optam por tons mais nude, mesmo que puxe ao tom claro a maioria já foge do branco a sete pés.

Sempre ouvi dizer que ‘só se casa de branco quem é virgem’, e esta tradição do vestido branco resume-se muito a isso. Representando a pureza e castidade da noiva, este é um hábito que vem desde o século XIX, quando a rainha Vitória de Inglaterra decidiu casar com um vestido branco. No entanto, antes disto qualquer cor era aceitável, desde que o vestido chamasse à atenção e demonstra-se as posses da família.

Quanto ao noivo não poder ver o vestido de noiva antes do casamento, esta é uma tradição que a maioria gosta de manter. Primeiro porque cria aquele efeito surpresa e, depois porque dizem que ‘dá azar’ ver a noiva com o vestido antes da cerimónia. Verdade ou não, esta é uma superstição já muito antiga, onde existiam casamentos combinados e se evitava que os noivos se vissem antes da cerimónia para que não pudessem mudar de ideias.

POSIÇÃO DOS NOIVOS NO ALTAR

Este é daquelas tradições que mais acho graça. Já reparas-te que a noiva deve sempre estar à esquerda e o noivo à direita? E sabes o porquê?

Pois bem.. Parece que esta tradição já vem desde a Idade Média, onde se acreditava que ‘outro homem’ pudesse aparecer e tentar roubar e/ou fugir com a noiva em plena cerimónia. Para evitar que tal acontecesse, o noivo posicionava-se à direita para, assim, deixar o braço direito livre para o caso de precisar manusear com a sua espada.

Hoje em dia nem sequer pensamos em tal coisa, nem que alguém possa vir roubar a noiva e muito menos o noivo ter de usar a sua espada contra o homem que queira fugir com a sua amada. A única verdade que ainda existe é que a noiva, ou até o noivo, pode fugir por seus próprios pés e nem chegar a casar.

ALGO NOVO, ALGO VELHO, ALGO EMPRESTADO E ALGO AZUL

Confesso que só tive conhecimento desta superstição quando fui em busca do meu vestido de noiva. Até então nunca tinha ouvido falar em tal coisa, mas parece que muitas noivas adoram esta superstição e gostam de a manter no seu casamento.

Diz-se que a noiva deve levar estes quatro elementos no dia de casamento para lhe dar sorte e cada um têm o seu significado.

Algo novo refere-se à felicidade no começo de uma nova vida. Algo velho representa o passado da noiva e a sua ligação à família antes do casamento. Algo emprestado, que deves receber de alguém que já seja casado e tenha um casamento feliz para trazer sorte ao teu casamento. Por fim, algo azul representa o amor, fidelidade e pureza.

AS ALIANÇAS

As alianças são o elemento principal do casamento. Na antiga Grécia, depois do casamento, os noivos usavam uma aliança no dedo anelar da mão esquerda, pois diziam que por este dedo passava uma veia ligada ao coração. No Egipto os noivos usam alianças como símbolo de ligação perfeita, devido à sua forma arredondada.

ATIRAR ARROZ NO FIM DA CERIMÓNIA

A tradição do atirar do arroz vem da Ásia e representa prosperidade, fertilidade, felicidade e riqueza. Por cá, em Portugal, não existe casamento que não cumpre com esta tradição.

No entanto, as tendências estão sempre a mudar e hoje em dia já se oferecem outras alternativas personalizadas ao tradicional arroz, como é o caso das pétalas de rosa, as bolas de sabão, os sparkles ou até mesmo uma bonita largada de balões.

One Comment

  • furtdso linopv

    I do love the way you have presented this concern and it does indeed present me a lot of fodder for consideration. Nevertheless, because of everything that I have seen, I just simply trust as the responses pack on that men and women continue to be on issue and in no way get started on a tirade of the news du jour. All the same, thank you for this outstanding piece and although I do not concur with it in totality, I respect the perspective.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *